Faixa de preço: de R$200,00 para R$2.500.000,00
Faixa de tamanho: de 10 m2 para 1.000 m2
Outras características

Blog

  • Home
  • Blog
  • Dicas
5 dicas para organizar sua mudança de forma prática e segura

5 dicas para organizar sua mudança de forma prática e segura

Organizar mudança nem sempre é uma tarefa simples, mas com algumas dicas de planejamento é possível cumprir essa tarefa de forma tranquila e sem incidentes durante o processo. 

Desde o momento em que você decide se mudar de imóvel, é importante pensar sobre quanto tempo disponível você tem para se movimentar e se instalar na nova casa com segurança. Para que tudo saia como o previsto e a sua mudança aconteça da forma mais prática possível, será preciso agir com antecedência.

Pensando nisso, listamos a seguir 5 dicas de planejamento para organizar sua mudança com eficiência. Confira!

1. Listar e enumerar o que deve ser feito

Antes de tudo, é fundamental listar tudo o que deve ser feito e o que você precisa resolver até o dia da mudança. Anote tudo o que julgar importante para entender melhor quantos dias você terá que dedicar para se mudar de imóvel. Vale registrar desde detalhes do frete até móveis a serem doados ou vendidos. 

Elaborar um cronograma definindo as datas para cumprir cada atividade também facilita a sua organização e otimiza o planejamento de todo o processo. Dependendo da quantidade de tarefas, talvez seja preciso pedir alguns dias de folga no trabalho, por exemplo.

2. Preparar as embalagens

Em meio às inúmeras demandas que uma mudança exige, muitas vezes esquecemos de separar algumas embalagens, como caixas e caixotes, para guardar objetos e utensílios. Sempre tem algum item que pode ser esquecido, portanto, é importante ter algumas embalagens extras para garantir maior segurança na viagem.

Itens frágeis ou de vidro, como copos, taças, pratos, xícaras, entre outros, devem ser embalados com materiais mais resistentes. Se possível, você também pode transportar algumas caixas para o novo imóvel alguns dias antes para antecipar a arrumação de algum cômodo específico.

3. Preparar o novo imóvel 

Para evitar dor de cabeça no dia da mudança, vale a pena preparar o espaço antes de acomodar suas coisas na nova moradia. É ideal limpar e higienizar bem os cômodos além de pensar nos locais em que pretende colocar cada móvel. Você também pode aproveitar para instalar armários e fazer manutenções e reparos, caso seja necessário.

Dessa forma, você economiza tempo tanto na arrumação quanto no ajuste de detalhes em alguns cômodos. Com a casa vazia, fica mais simples pensar na disposição da mobília e dos elementos decorativos, como vasos de plantas, molduras, entre outros. 

4. Conhecer as normas do imóvel

Dependendo da sua escolha de local para morar, você deve checar quais são as regras do condomínio em relação aos dias permitidos para a mudança. Alguns edifícios, por exemplo, não aceitam caminhões aos domingos para evitar barulho e incômodo aos outros moradores.

Se a residência for alugada, pode ser que o contrato especifique normas sobre alterações que podem ou não ser realizadas, como pinturas e pequenos reparos. É necessário ter atenção aos detalhes para não correr riscos de multa e não ter problemas com o locador.

5. Contratar uma empresa de confiança

Não deixe para fazer orçamentos de última hora. Busque indicações de empresas e fretes para que a mudança seja tranquila e sem surpresas. Com antecedência, também é recomendável comparar preços e avaliar o melhor valor para o seu orçamento.

Dê preferência para uma prestadora de serviço que seja confiável e tenha boas avaliações dos clientes. Talvez seja interessante ainda contratar um seguro para impedir possíveis prejuízos no transporte dos objetos. 

Organizar mudança não precisa ser um momento estressante. Com um bom planejamento, é possível evitar dor de cabeça e arrumar rapidamente a nova casa para começar, enfim, uma vida nova!

Fonte: CredPago

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Comparar